© 2017 por Ivan J. Martins

December 10, 2019

December 10, 2019

October 23, 2019

Please reload

Posts Recentes

Porque nunca temos tempo para fazer as tarefas realmente importantes

February 4, 2018

1/4
Please reload

Posts Em Destaque

Qual é o diferencial do seu negócio?

January 20, 2018

 

Se tem uma pergunta que em toda conversa e/ou evento de empreendedorismo é feita a um empreendedor, é esta: Qual o diferencial do seu negócio em relação aos seus concorrentes?

 

É importante diferenciarmos o conceito de "diferencial de um negócio" com criar/abrir um novo mercado (conceito do oceano azul). 

 

Ter um diferencial, não significa necessariamente "criar a roda", você ser o próximo Mark Zuckerberg, e sim, fazer uma coisa muito melhor que a sua concorrência

 

Já escutei diversos investidores falando que não gostam de investir ou apostar em negócios que não tem um diferencial disruptivo, algo que não exista.

 

Quem estuda um pouco a história das startups de sucesso sabe muito bem que chegar primeiro (ou seja, ser único em algo) não é garantia de nada, pelo contrário, é garantia de investimento pesado em marketing para abrir espaço em um mercado inexistente.

 

Acredito que uma pergunta importante é: Qual a sua estratégia de crescimento?

 

As vezes o que leva um cliente/investidor a comprar um produto/empresa são vários fatores:

                - Uma boa apresentação da empresa e/ou produto;

                - Uma boa apresentação (pitch) dos sócios;

                - Um modelo de negócio atraente;

                - Um produto bem validado por seus primeiros clientes;

                - Um modelo de serviço legal e com vantagens para o cliente;

 

Outra pergunta que acredito ser muito válida: O que o seu cliente disse para você sobre os motivos que levaram a escolhê-lo em relação a outras opções de mercado, ou caso seja algo realmente único, o que levou o seu cliente a apostar nesta ideia inovadora?

 

Agora me dirigindo as pessoas que empreendem ou que querem começar a empreender:

 

Não se preocupe em ter ideias únicas e disruptivas, e sim em ter ideias que cresçam em base a validações reais do mercado.

 

Para ser mais claro:

Venda seu produto ou serviço para 1 cliente, e aprenda tudo o que você puder com esta experiência, se torne amigo do seu cliente, pergunte para ele o que ele achou do processo de venda, do produto, do seu pós venda, pergunte para ele do mercado onde está inserido seu cliente, peça indicações, ideias, sugestões, em resumo, extraia o máximo do seu primeiro cliente!!!

 

Ideias disruptivas em um palco são lindas e ganham aplausos, mas ideias acompanhadas de trabalho duro e boa gestão, formam grandes empreendedores, geram emprego, movimentam a economia, influenciam pessoas e mercados, e geram crescimento e abundância real.

 

Se você quiser receber em seu email artigos como este e mais novidades, inscreva-se em minha newsletter através do meu site www.ivanjmartins.com.

 

O livro "Quero ser empreendedor, e agora?" está para download, se não leu ainda, clique AQUI para baixá-lo.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga