© 2017 por Ivan J. Martins

October 23, 2019

Please reload

Posts Recentes

Porque nunca temos tempo para fazer as tarefas realmente importantes

February 4, 2018

1/4
Please reload

Posts Em Destaque

Preparação pessoal

September 16, 2017

Neste post gostaria de colocar na íntegra o primeiro capítulo do meu livro "Quero ser empreendedor, e agora?", pois considero ele muito especial e importante para todo e qualquer empreendedor. 

 

Não basta ter bons produtos ou serviços, e sim sabermos lidar com pessoas, saber influência-las para que estejam ao seu lado e lhe apoiem e ajudem em todas as situações. 

 

Para quem não leu o livro ainda, espero que goste. 

 

"Como este livro tem por objetivo andar pelos passos ou etapas do processo de empreender um novo negócio, o primeiro capítulo trata de algo que considero de extrema importância que é a PREPARAÇÃO PESSOAL. A preparação pessoal é importante porque nos permite extrair de nossas relações, proveito para nossos empreendimentos.


1. Aprender a ter bons relacionamentos
Para muitos, lidar com pessoas é trabalho para o departamento de RH ou mesmo de Vendas, que precisam saber de gestão de pessoas, quando, na verdade, uma das características mais importantes para qualquer empreendedor é saber se COMUNICAR e principalmente, COMPREENDER todas as pessoas a sua volta, da melhor maneira possível.
Pois, como um empreendedor vai conseguir lidar posteriormente com colaboradores, sócios, investidores, clientes, fornecedores, parceiros comerciais, bancos, etc.? Em todos estes tipos de relações necessitamos ter êxito e aproveitar elas para fortalecer nosso network.
Segundo Dale Carnegie, existem 6 maneiras de 
fazer as pessoas gostarem de você:


a) Torne-se verdadeiramente interessado na outra pessoa:
Atualmente as pessoas não têm “tempo” e nem paciência para dar atenção aos demais. Todas as pessoas de maneira geral se preocupam com os seus problemas e necessidades.
Se lograrmos criar este hábito, muitas portas se abrirão!


b) Sorria
Brinde um sorriso ao iniciar e finalizar uma conversa. O ato de sorrir gera um ambiente favorável para reuniões e conversas em geral.
Sorrir e ser positivo faz com que todas as pessoas queiram estar ao nosso redor.


c) Lembre que o nome de uma pessoa é para ela o som mais doce e importante que existe em qualquer idioma

Segundo Dale Carnegie “O som mais agradável para o ouvido de qualquer pessoa é seu próprio nome”. Esforçar-se por memorizar o nome de outras pessoas é um passo essencial para se obter êxitos nas relações.


d) Seja um bom ouvinte. Incentive as pessoas a falarem sobre elas mesmas
Observem em suas conversas e interações com as pessoas que geralmente você se empolga quando você está falando ou o assunto gira em torno de você. Porque isso? Porque adoramos falar de nós mesmos. E todas as pessoas geralmente são assim.
O que devemos fazer? Inverter este processo, e deixar as pessoas falarem, fazermos perguntas, e ouvir! Mas ouvir atentamente. Faça este experimento e comprovará que ao terminar a conversa (ou monólogo) a outra parte sairá feliz e satisfeita.


e) Fale de coisas que interessem à outra pessoa
Introduza a conversa com assuntos que você sabe que a outra pessoa gosta. Geralmente fazemos o contrário, e queremos conversar sobre assuntos que gostamos, mas se fizermos o esforço de focar em assuntos que a outra parte gosta, os resultados serão incríveis!
E podemos praticar e exercitar este hábito em casa, com a esposa, filhos e familiares, e, pouco a pouco, este hábito fará parte de nossa forma de ser.


f) Faça a outra pessoa sentir-se importante e faça-o com sinceridade
Elogie, parabenize, incentive, motive e mostre para as pessoas com quem tiver contato o quão importante é a atitude ou fato que ela está lhe contando.
Se exercitarmos diariamente estes 6 pontos em nossas vidas, os resultados não demoram em vir, pois eles nos tornarão pessoas agradáveis e que todos irão querer ter à sua volta.
Sendo assim, seremos beneficiados nos negócios e na vida pessoal de maneira geral, pois as relações humanas são inerentes a vida e nos cercam em todos os momentos.

2. Leia muito
Ler muito! Sim, é importante ler livros, sites, blogs, revistas, por exemplo, com informações úteis para você e para seus empreendimentos.
Se você tem dificuldade de concentração e leitura, uma saída é cadastrar-se em canais de vídeo no Youtube ou mesmo assistir palestras, cursos, etc., através de portais que ofereçam isso.
Uma dica legal são os resumos de livros que tem em diversos canais no Youtube. Invista 20 ou 30 minutos em escutar um resumo de um livro, e com certeza já ajudará bastante.
Um livro pode mudar completamente a nossa vida e a direção que estamos dando a ela.

 

3. Equilíbrio e gestão de tempo
Todos os grandes empreendedores quando contam suas histórias de sucesso, se remetem ao êxito no empreendedorismo o fator “quantidade de tempo destinado para trabalho”, ou seja, o famoso “workaholic” que trabalha mais de 10 horas por dia.
Fatos são fatos, e não podemos negar que muitos dos grandes empreendedores chegaram onde chegaram por haverem destinado de 50% a 60% das horas do dia para os seus empreendimentos.
Porém, algo que precisamos refletir é que passar 10, 20 ou 30 anos trabalhando neste ritmo para alcançar

os grandes sonhos de crescimento empresarial, mas olhar para trás e ver que nestas décadas perdemos o crescimento de nossos filhos, momentos preciosos ao lado de nossas esposas (ou esposos), não nos alimentamos corretamente, não dormimos o mínimo necessário, não passeamos e nem nos divertimos, será que vale a pena?
O mais importante é chegar no destino ou o que se vive durante a caminhada?


Estas são reflexões importantes a serem realizadas, pois o autor do livro de nossas vidas somos nós mesmos e ninguém mais.
Talvez muitos possam se questionar: como trabalhar de forma equilibrada e fazer tudo o que tenho que fazer no dia a dia?


A resposta está na lei de Pareto (ou princípio 80/20 como também é conhecida) que foi criada pelo economista italiano Vilfredo Pareto. Esta lei consiste no seguinte: 80% das consequências advêm de 20% das causas. Segundo o economista italiano, 80% da riqueza mundial está nas mãos de 20% das pessoas, 80% da poluição é causada por 20% dos países ou que 80% da receita de uma empresa provém de 20% dos clientes, e assim por diante.


Se trouxermos esta mesma análise para nosso dia a dia, vamos ver facilmente que em 20% de nossas atividades gastam 80% do nosso tempo. É verdade que existem momentos do dia que não podemos evitar, tais como comer, dormir ou tomar banho. Porém, se desejamos melhorar a produtividade durante o nosso dia, necessitamos analisar outros fatores que fazem com que o nosso tempo acabe.

Será que ler os e-mails a cada 5 ou 10 minutos é assim tão importante?
Revisar mensagens no celular constantemente é realmente necessário?
Até que ponto é importante ler aquele jornal que pouco influencia a minha vida?
Será que aquele jogo que gasto 30 minutos ou mais por dia, de fato contribui para os meus objetivos?


Podemos pensar que pequenas distrações como as que citei acima consomem apenas uma parte do nosso dia, mas a verdade é que todas elas, somadas ao final do dia, fazem com que o tempo que temos disponível pareça muito mais curto.
Além das distrações citadas, temos também outro grande problema que é a prioridade que damos às nossas tarefas diárias.


Geralmente fazemos primeiro atividades de menor impacto apenas para termos a sensação que fizemos “muitas coisas”, porém as atividades de grande impacto, que são muito mais importantes, ficam para trás, e passam os dias e quase não conseguimos realizá-las.


Entenda-se atividades importantes, aquelas que irão de fato trazer grandes resultados para você, para a sua empresa ou para o seu empreendimento, seja ele qual for, pois esta lei pode ser aplicada a qualquer área da vida.


Equilíbrio e priorização, nos trarão produtividade e grandes resultados, além de nos permitir aproveitar a caminhada"

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga